GALO VOLTA A VENCER FORA DE CASA

31/07/2017

Após dois péssimos resultados em casa contra o Bahia e Vasco da Gama, o Atlético voltou a vencer na competição, neste domingo. Vivendo sob pressão da torcida e com um clima um pouco pesado com a imprensa, o Atlético vive de baixo á expectativas diante do trabalho do novo treinador, Rogério Micale. 

 

Após sofrer a eliminação na quarta-feira diante do Botafogo, pela Copa do Brasil, Micale resolveu fazer bastante alterações no time principal. Ao total, foram seis alterações feitas pelo técnico alvinegro. Apesar de ter alguns jogadores no Departamento Médico e com outros suspensos, Rogério Micale resolveu apostar em peças improváveis e arriscou uma escalação ofensiva, deixando Elias no banco de reservas, para colocar Gustavo Blanco como armador pelos lados. 

 

Outro que também não entrou como titular e sequer entrou na partida, foi o Robinho. Criticado bastante pela torcida alvinegra, ultimamente Robinho não vem demonstrando o futebol que sabe. O treinador do Atlético resolveu apostar no jovem Pablo, que retornou de um empréstimo há pouco tempo e já recebeu sua tão sonhada oportunidade.

 IMAGEM: BRUNO CANTINI

 

Durante os 90 minutos, o Atlético foi superior ao Coritiba. O alvinegro começou tocando bem e mantendo a posse de bola em seu campo defensivo, mas nos primeiros minutos já avançou. 

Em um lance polêmico, numa falta cobrada pelo Cazares no lado esquerdo, Adílson cabeçou a bola para os fundos da rede, e mesmo em posição legal, o bandeira assinalou a infração, incorretamente. Há um enorme dúvida em relação aos uniformes se coincidirem, até pelo fato do sol ter atrapalhado a visão do bandeira, mas nada que mostre ao contrário, gol regular anulado.

 

O erro da arbitragem não influenciou na vontade dos alvinegros de venceram, alguns minutos depois, a bola bateu no braço do zagueiro do Coritiba e o juiz assinalou o pênalti. Na cobrança, Fábio Santos abre o placar. 

O Atlético foi crescendo na partida e ainda no primeiro tempo, Leonardo Silva sofre um pênalti, mas na cobrança, Cazares desperdiça. 

 

No segundo tempo, com um placar apertado, o Atlético continuando mantendo a ofensividade e chegou ao segundo gol, depois de muitas oportunidades perdidas. O Segundo gol foi marcado por Rafael Moura, com assistência de Marcos Rocha.

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

© 2017 por Igor Lanna, dono do Blog do Galo, fundador e editor neste site.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now