ATLÉTICO, O CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL 2014

05/08/2017

A Copa Sadia do Brasil de 2014 foi a 26ª edição dessa competição brasileira de futebol organizada pela Confederação Brasileira de Futebol, cuja estreia foi em 12 de março, com seu término em 26 de novembro.

 

O Atlético só começou a jogar pela competição, nas Oitavas de Finais. O clube era um dos representantes brasileiros na Copa Libertadores da América naquele ano e conseguiu sua vaga para as Oitavas, pelo novo regulamento da CBF.

 

A GRANDE ESTREIA

Imagem: Flickr/Palmeiras 

 

O Atlético enfrentou o Palmeiras nas Oitavas de Finais da Copa do Brasil, foi o seu primeiro adversário nesta edição da competição. No primeiro jogo, com um gol do atacante Luan, o Atlético venceu o Palmeiras lá em São Paulo, e trouxe uma excelente vantagem para Minas Gerais. 

 

IMAGENS: SPORTV

 

A partida aconteceu no dia 27 de Agosto de 2014, no Estádio Pacaembu. O jogo foi ás 22:00 horas. 

O público pagante foi de: 18.396.

 

Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima.

 

 

O JOGO DE VOLTA! 

 

Podendo até empatar para se classificar, o Atlético recebeu o Palmeiras na Arena Independência, mas não teve dó. No segundo jogo do confronto, o Galo venceu por 2-0 e saiu classificado para as quartas de finais da Copa do Brasil. 

 

 IMAGENS: SPORTV

 

Com um gol de Jemerson, e um do atacante Luan, o Atlético finalizou os paulistas e segue adiante na competição. A partida aconteceu ás 19:30, no dia 04/09 de Novembro, de 2014. Em Belo Horizonte, a Arena Independência contou com 19.657 torcedores. 

 

QUARTAS DE FINAIS, O INÍCIO DA GUERRA ALVINEGRA

 IMAGENS: ESPN

 

No dia 1 de Outubro, de 2014, a rivalidade entre Corinthians vs Atlético aumentava e muito no cenário do futebol brasileiro. Se enfrentando pelas Quartas de Finais, o Corinthians venceu o Atlético por 2-0, na Arena Corinthians. Com gols do atacante Paolo Guerreiro e do volante Petros. 

 

 

Imagem: Reprodução

 

A partida não ficou marcada somente pela derrota do Atlético, mas pela dança em que Mano Menezes fez, após o segundo gol do Corinthians, no final da partida. Para ele, uma comemoração. Para os atleticanos, uma provocação. Aí, só restava esperar o próximo jogo para ver o que seria definido. 

 

 

O JOGO DE VOLTA, O ENTERRO DO GAVIÃO

 

15 de outubro de 2014, o dia em que o Atlético mostrou para o Brasil que no futebol, as coisas se decidem apenas no último apito do juiz. Após uma doída derrota no jogo de ida, na Arena Corinthians, o Atlético não tomou conhecimentos do alvinegro paulista, e mesmo após sair perdendo no Mineirão, o Galo buscou uma heroica classificação, com 4 gols. Assista e sinta a emoção:

 IMAGENS: TV GLOBO

 

A partida aconteceu no estádio Mineirão, ás 22:00 horas. O Atlético levou 33 mil torcedores ao estádio e não os decepcionou. Após a classificação heroica, o Atlético lembrou da "dancinha" feita pelo Mano Menezes na partida de ida, e resolveu retribuir.

 IMAGEM: ESPN 

 

TESTE PARA O CORAÇÃO, A GRANDE SEMIFINAL

 

Não poderia ser de outra maneira, para deixar a Copa do Brasil ainda mais eletrizante, o Atlético enfrentou o segundo maior rival da sua história, o Flamengo-RJ. Com todas as polêmicas do Campeonato Brasileiro de 1980 e a Libertadores de 1981, essa semifinal de Copa do Brasil era a maior oportunidade que o Atlético teve até então, para se vingar dos rubro negros cariocas. 

 

No primeiro jogo, o Atlético voltou a perder fora de casa. Com um gol do volante Martín Cáceres e um do Zagueiro Chicão, o Flamengo viajou para Minas Gerais com uma grande vantagem, mas que também sabiam que nada estava definido, após a heroica virada sofrida pelo eliminado Corinthians.

 IMAGENS: ESPN

 

SEMIFINAL, JOGO DE VOLTA. NINGUÉM MAIS SEGURA O CLUBE ATLÉTICO MINEIRO.

 

O Flamengo tinha tudo para se classificar, e no final do primeiro tempo, Evérton balançou as redes do alvinegro, para o desespero da torcida atleticana. Porém, o adversário do Flamengo não era qualquer um, era o Clube Atlético Mineiro, a verdadeira fábrica de milagres. Com muita raça e amor, o Atlético virou inacreditavelmente o placar para 4x1 e se classificou para a decisão da competição, pela primeira vez.

 IMAGENS: TV GLOBO

 

Uma curiosidade que ocorreu nesta partida, foi quando o Flamengo abriu o placar no Mineirão, para muitos torcedores, era o fim do Atlético na competição. Esse também era o pensamento do narrador da Rádio Globo, Luís Penido. Assim que Evérton balançou as redes do alvinegro, o narrador se empolgou soltando gritos de "É FINALISTAAAAAAAA", "É GOOOL DO MENGÃO, DO FLAMENGASSO, QUERIDASSO, CLASSIFICADASSO". 

 

Luis Penido também provocou a torcida do Atlético com o seu poderoso canto que foi utilizado na heroica conquista da Libertadores, em 2013, o famoso "EU ACREDITO". Na transmissão, Luis Penido soltou essa frase: "A GALERA DO ATLÉTICO MINEIRO COMEÇA A CANTAR EU ACREDITO, E EU AFIRMO DAQUI, EU DUVIDO!". Ainda continuou dizendo: "O mengão vai para a final galera, só não vai se o Atlético fizer 4, é ruim hein, não vai fazer mesmo, isso é Flamengo".

 

Mas não deu outra, queimou a língua! Veja o vídeo e ouça a narração do Luis Penido dos 5 gols da partida:

 

 VÍDEO: Jayson Lemos/Youtube

 

A GRANDE FINAL. O DUELO MAIS IMPORTANTE DO FUTEBOL MINEIRO

IMAGEM: BRUNO CANTINI

 

No dia 12 de novembro de 2014, o estado de Minas Gerais parou para acompanhar o maior clássico da história entre Atlético e Cruzeiro. Depois de tanto sofrimento, tantas emoções, o Atlético recebia o melhor adversário possível na final da competição, naquele ano. 

Não poderia ser outro, tinha que ser o Cruzeiro para fechar com chave de ouro. 

IMAGEM: BRUNO CANTINI 

 

Numa noite inspirada dos atleticanos, depois de tanto sufoco, os torcedores do Galo não precisaram mais sofrer com o resultado. Talvez a agonia, a ansiedade podem ter "matado" os atleticanos antes e durante a partida, mas até que o resultado foi tranquilo. Depois de passar tantos apertos nos jogos de ida, o Galo venceu o Cruzeiro por 2-0 no jogo de ida, da final. 

IMAGENS: ESPN

 

O primeiro jogo da final da Copa do Brasil de 2014, aconteceu na Arena Independência. O jogo ocorreu no dia 12 de novembro de 2014, ás 22:00 horas. O público pagante foi de 18.578 torcedores.

 

O Atlético entrou em campo com: Victor, Marcos Rocha, Jemerson, Leonardo Silva, Douglas Santos, Leandro Donizete, Josué, Dátolo, Luan, Diego Tardelli e Carlos. Técnico: Levir Culpi.

 

A GRANDE DECISÃO, OS 90 MINUTOS FINAIS 

 

Após o Cruzeiro ser derrotado no Independência por 2-0, o clube celeste teve que abraçar o lema favorito do Atlético, o famoso "Eu Acredito". Porém, não funcionou. 

 

No dia 26 de novembro de 2014, o Atlético sagrou-se pela primeira vez em sua história, campeão da Copa do Brasil. O Galo venceu o seu maior freguês por 1x0, gol do atacante Diego Tardelli, que por curiosidade, além de ainda não ter marcado na competição, é um dos maiores carrascos da história do rival. 

 

EM PÉ: Rafael Carioca, Victor, Maicosuel, Uilson, Pedro Botelho, Leonardo Silva, Réver, Jemerson, Tiago, Alex Silva.  AGACHADOS: Diego Tardelli, Marion, Emerson Conceição, Dátolo, Luan, Pierre, Dodô, Marcos Rocha, Douglas Santos, Carlos e Leandro Donizete. (IMAGEM: BRUNO CANTINI)

 

Com um gol de Diego Tardelli aos 47' minutos do Primeiro Tempo, o Atlético acabou com as expectativas do torcedor cruzeirense no Estádio Mineirão. 

 IMAGEM: BRUNO CANTINI

 

ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS DA PARTIDA EM QUE O ATLÉTICO SAGROU-SE CAMPEÃO DA COPA DO BRASIL, EM CIMA DO MAIOR RIVAL

 IMAGENS: ESPN

 

CONFIRA ALGUMAS IMAGENS DO TÍTULO ALVINEGRO.

Por: BRUNO CANTINI, FOTÓGRAFO OFICIAL DO ATLÉTICO

 

 

 

 

 

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Compartilhar no Twitter
Please reload

© 2017 por Igor Lanna, dono do Blog do Galo, fundador e editor neste site.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now